Samba e Cerveja um relacionamento mais que duradouro

samba e cerveja

Samba e Cerveja uma mistura sem igual

Samba e Cerveja! Numa roda de samba pode até faltar um músico, pode não ter tamborim ou cuíca. Não precisa nem ter microfone. Mas a cerveja está sempre lá. A bebida mais consumida pelos brasileiros tem uma história íntima com o ritmo musical que completa 100 anos em 2016. É um casamento antigo: onde tem samba, tem cerveja.

Veja Também:
+Cerveja escura seus estilos, aromas e sabores
+Risoto de Cerveja e Bacon, uma receita de dar água na boca
+Colarinho: Saiba Porque a espuma faz bem para a cerveja

Quer ver como essa relação é antiga? A música considerada o primeiro samba da história é Pelo Telefone, escrita por Donga em 1916 e gravada um ano depois. E em 1917 já há registros de letras falando de cerveja, como os Sambas carnavalescos, uma das muitas variações desta mistura de samba e cerveja!

Fidalga era uma marca de cerveja que foi produzida até a década de 1970. Depois dela, centenas de músicas tratam da bebida.

“A cerveja e o samba sempre tiveram uma relação muito intensa. Noel Rosa, um dos maiores sambistas, sempre gostou e falou muito de cerveja”, diz o pesquisador e escritor Diogo Cunha, especialista no ritmo centenário.

samba e cerveja 2Além de estar nos versos, no meio do samba a cerveja faz parte do cenário, da mão de músicos consagrados aos que tocam em botequins das periferias. Sempre tem espaço para um gole entre um refrão e outro.

100 anos de samba

Neste Brasilsão afora, as rodas de samba estão comemorando os 100 anos de samba, completados em 2016. Mas desde o ano passado esse aniversário já é tema de festas. No Rio de Janeiro, em novembro, 10 das rodas mais conhecidas tocaram no mesmo dia em 10 pontos diferentes e arrastaram milhares de pessoas, evento chamado de Batuque da Boa, promovido pela Antártica. A marca também lançou garrafas comemorativas com trechos de canções clássicas como A voz do morro, de Zé Keti, Com que roupa?, de Noel Rosa e Samba da minha terra, de Dorival Caymmi

Veja Também:

Cerveja escura seus estilos, aromas e sabores

Risoto de Cerveja e Bacon, uma receita de dar água na boca

Colarinho: Saiba Porque a espuma faz bem para a cerveja

Autor:

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *