Latinha de Cerveja completa 80 anos de idade neste mês de janeiro

Latinha de cerveja

Latinha de Cerveja e seus 80 anos de vida

A Latinha de Cerveja completou 80 anos de idade neste mês de janeiro por isso temos que comemorar e muito. Se hoje é possível carregar a bebida com mais praticidade, é graças a uma cervejaria de Newark, nos Estados Unidos, que desenvolveu a técnica.

Veja Também:
+Vai Vai a escola de samba com o maior número de títulos
+Mini Hambúrguer de calabresa grelhado com geléia de tequila
+Itaipava compra por R$ 8 milhões o nome do Campeonato Paulista

A história da Latinha de Cerveja

Em 24 de janeiro de 1935, as marcas Krueger Finest Beer e Krueger Cream Ale começaram a comercializar as primeiras latinhas de cerveja em Richmond, Virginia. No começo, a invenção enfrentou problemas, já que a bebida não se adaptava ao novo invólucro e explodia a lata. “Nunca conseguiremos substituir as garrafas de vidro”, diziam os cervejeiros da época. No entanto, com algumas modificações no revestimento das latas, a invenção se consolidou como a maneira mais prática, leve e fácil de consumir e transportar a bebida.

Assim que a companhia se impôs ao mercado, a resposta foi  irresistível. No espaço de três meses, mais de 80 por cento dos distribuidores optaram pela cerveja em lata da Krueger pela maior facilidade de manuseio e transporte, sem as costumeiras quebras das cervejas em garrafas. Rapidamente a companhia conquistou um bom pedaço do mercado das “três grandes”  cervejarias nacionais – Anheuser-Busch, Pabst e Schlitz. Os competidores logo passaram a fabricar também cervejas em lata e, já no final de 1935, alcançou-se a marca de mais de 200 milhões de latas produzidas e vendidas naquele ano.

Como resultado, sua popularidade continuou a crescer ao longo dos anos 1930 e explodiu durante a Segunda Guerra Mundial, quando as cervejarias embarcaram milhões de latas de cerveja para os soldados em todos os rincões onde combatiam.

Hoje em dia, a cerveja enlatada corresponde aproximadamente à metade dos 20 bilhões de dólares anuais produzidos pela indústria cervejeira.

Veja Também:

Vai Vai a escola de samba com o maior número de títulos

Mini Hambúrguer de calabresa grelhado com geléia de tequila

Itaipava compra por R$ 8 milhões o nome do Campeonato Paulista

Autor:

 Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *