Espuma da Cerveja conheça seus segredos e funções

Espuma da cerveja

Espuma da Cerveja

A Espuma da cerveja é muito importante para a vida da cerveja, seja pelo visual que apresenta ou por sua importância na qualidade do produto, já que uma boa espuma é um dos parâmetros para se identificar uma cerveja de qualidade.

A formação e a estabilidade da espuma da cerveja decorrem de atividades realizadas em todas as etapas de produção da cerveja e até mesmo nos cuidados que se deve ter com o copo em que se serve a cerveja.

A principal função da espuma da cerveja é o controle da temperatura da cerveja, tal como a manutenção do sabor sem deixar que as influência de fora do copo interfiram na cerveja.

A espuma da cerveja também é essencial para não deixar com que a cerveja fique derramando do copo!

Veja também:
+Pastel de Bar com cachaça, veja como fazer este delicioso petisco
+Cerveja com Pimenta ou Michelada? Bohemia lança Cerveja de Pimenta Rosa
+Cerveja Amanteigada aprenda a fazer a cerveja do Harry Potter

Como é feita a Espuma da Cerveja

A água é uma matéria-prima fundamental para todo o processo de fabricação da cerveja e influi diretamente na estabilidade da espuma, pois água com teores elevados de nitratos prejudica a estabilidade da espuma.

O processo de mosturação influi diretamente na estabilidade da espuma devido a alguns processos: o repouso proteolítico (em torno de 52ºC), o ph da mostura e a adição de enzimas devem ser bem controlados para se gerar um mosto de alta qualidade sem prejudicar a estabilidade de espuma. Não existe um único valor para estes parâmetros, pois eles dependem do tipo de cerveja que se almeja fabricar e principalmente das características das matérias-primas que são utilizadas no processo de produção da cerveja.

Espuma da cerveja 2A intensidade da fervura do mosto, que é importante para o processo de cerveja, deve ser muito bem controlada através de um controle efetivo da evaporação e da temperatura do mosto para não prejudicar a estabilidade de espuma. Um bom parâmetro de análise nesta etapa do processo é a análise de nitrogênio coagulável, que para se ter uma boa estabilidade de espuma deve estar em torno de 1,8 mg/l.

Na decantação deve-se fazer um processo que minimize o arraste de trub, que são proteínas não solubilizadas, e desta maneira facilitando a cerveja ter uma boa estabilidade de espuma.

Nas etapas de fermentação e maturação deve-se ter um controle muito bom da vitalidade da levedura, do momento da dosagem das mesmas e uma correta limpeza e desinfecção de todo o circuito da cerveja nestes processos.

Em todas estas etapas devem-se ter estes controles para garantir uma cerveja com uma boa espuma para o consumidor. Entretanto,nenhum destes controles resultarão em uma boa espuma da cerveja no copo do consumidor, se no local de consumo não se tiver o cuidado adequado com o copo um detalhe é que copos com sabão não fazem espuma.

Veja também:

Pastel de Bar com cachaça, veja como fazer este delicioso petisco

Cerveja com Pimenta ou Michelada? Bohemia lança Cerveja de Pimenta Rosa

Cerveja Amanteigada aprenda a fazer a cerveja do Harry Potter

Autor:

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *